Categorias
Ervas Medicinais Naturopatia

CHÁ PARA TUDO!

Chá pra tudo

Diariamente atendo pessoas que me pedem dicas e tratamentos para algumas questões.

Pensar um pouco de forma integral também significa pensar fora dos padrões. Precisamos sair do mesmo lugar.

Se você pensa em levar a vida de forma mais natural e equilibrada, não pode procurar algo para curar sua dor.

Precisa navegar pela dor e saber de onde ela veio.

Casos de enxaqueca são frequentes. Não deveriam ser. Não é normal ter enxaqueca.

Mas não adianta você procurar um médico ou um terapeuta pensando em tomar um medicamento (natural ou não) e que vai tirar sua dor sendo que não está disposto a mudar os hábitos.

A CURA existe se você olha para a dor e investiga de onde ela veio. Quando ela começou.

Porquê, de que forma, o que sente quando ela está presente?

É um grande erro a limitação do olhar de muitos profissionais que indicam tal chá para isso, tal óleo essencial para aquilo sem falar de hábitos, meditação, emoções, medos, relações, contentamento, ambiente, tomar água!

Olhar para a saúde bio, psico, social, espiritual é se responsabilizar por ela e perceber a saúde muito além da doença.

Não existe separação entre a sua enxaqueca e um trauma sofrido, uma raiva guardada, uma alimentação desregrada ou uma preocupação excessiva.

Se não está disposto a trabalhar e olhar para a sua rotina e dedicação as mudanças, aquele óleo essencial que aquele vendedor te indicou para aliviar as dores de cabeça constantes, pode aliviar em algum momento, porém a dor sempre virá te visitar para lembrar que outras coisas precisam ter a sua atenção.

Portanto não culpe seu médico ou terapeuta por suas dores. Quando sentir dor, não pense imediatamente na sua consulta.

Mas leve para a consulta a disposição para mudar.

Profissionais de saúde igualmente preenchedores de receitas, estão fadados a extinção e serem substituídos por inteligência artificial.

Categorias
Ervas Medicinais Florais Forças de Caráter Naturopatia Psicologia Positiva

Alquimia da Coragem

Segundo Sócrates a virtude é uma disposição do indivíduo, que surge de dentro para fora e o leva a comportar-se corretamente em cada situação. 

Navegando essa semana pelos medos e coragem vamos explorar um pouco mais as forças de caráter que descendem dessa virtude.

Para a Psicologia Positiva as pesquisas empíricas com base científica estuda o desenvolvimento das qualidades e características positivas do ser humano, centrando-se na prevenção e promoção da saúde podendo contribuir para o desenvolvimento pleno e
auto-aperfeiçoamento do indivíduo.

Uma das forças de caráter classificadas no mais amplo estudo realizado até então sobre esse assunto como uma das forças da CORAGEM é a BRAVURA.

O indivíduo com a bravura como força e potencial, não tem medo de ameaças, desafios, dificuldades ou dor, vai pelo que é certo, mesmo se houver oposição, age com convicção mesmo não agradando, inclui coragem física, mas não se limita a isto. Ele impulsiona a própria vida com coragem. Defende ideais sem medo das ameaças. 

Algumas plantas que juntas impulsionam a coragem que existe em cada um são : alecrim, oliva, cedro, olíbano, menta, patchuli, eucalipto. Juntas impulsionam e são plantas fortes e bravas, resistentes e mesmo que venham as adversidades elas resistem e lutam pela própria sobrevivência. 

Quer coragem para as adversidades e resistência em momentos de crise? Tempere seus alimentos com alecrim e azeite de oliva. 
Use óleos essenciais com aromas terrosos (olíbano, cedro, breu, patchuli)  junto com óleos essenciais que te ajudam a agir, que façam movimento , voláteis e canforados (alecrim, hortelã pimenta, eucalipto).

Nos e-books que estão disponíveis aqui nesse link tem muitas dicas! Baixe lá que é gratuito!

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais Naturopatia

HOMO SAPIENS

Na natureza podemos encontrar a cura de todos os males como eu sempre cito.

Todas as plantas tem todos os aspectos de cura: material/físico, emocional, mental e energético.

Mesmo que você passe na pele o óleo essencial de vetiver para cicatrizar uma ferida causada por um corte , ele vai cicatrizar a sua alma de uma ferida causada por uma dor de amor.

Mesmo que use o óleo essencial de gerânio para ficar com a pele mais bonita ou até mesmo como perfume floral, ele vai curar a sua relação com o seu feminino.

Mesmo que você tome um chá de lavanda apenas para dormir melhor, ele vai limpar a sua energia, lavar a alma e te elevar em frequência.

Mesmo que você use o hortelã apenas para dores de cabeça, ele proporciona abertura da sua mente e da visão limitada da vida.

Mesmo que você use um óleo essencial de laranja para emagrecer, ele te levará a um estado de alegria e entusiasmo pela vida.

Mesmo que você use o Patchouli (meu preferido) como afrodisíaco, ele vai te proporcionar maior segurança em tomadas de decisão, fortalecer seu idealismo e aumentar sua auto-estima a um nível inabalável!

Mesmo que você olhe apenas um aspecto da planta, ela generosamente te presenteia com todo o seu potencial e isso, ao longo de toda a história da humanidade.

Mesmo que você não preste a mínima atenção nela e até mesmo tenha atitudes que a destrua (em todos os aspectos), a natureza é resiliente e continua disponível para te servir.

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais Naturopatia

ERVAS ORGÂNICAS

Ervas orgânicas – Já citei em alguns outros textos sobre a importância de priorizar o uso de ervas orgânicas.

A planta possui uma defesa própria, que produz para conviver com predadores do ambiente em que vive.

Essa defesa da planta, explicando de forma bem básica, são os fitoquímicos que ela possui e que podemos nos beneficiar. Como o linalol na lavanda por exemplo.

O que acontece com as ervas que recebem defensores químicos, ou seja, agrotóxicos?
Ela produz muito menos fitoquímicos pois ela não precisa se defender do meio em que vive pois já recebeu os respectivos venenos.

Portanto, a planta não tem um resultado tão efetivo quanto a erva cultivada de forma orgânica.

Os chás que vendem nos mercados, aqueles de saquinhos que são um charme, são apenas águas cheirosas e muitas vezes recebem aromatizantes artificiais.

Enquanto, se você ferve uma água, desliga o fogo e adiciona menta piperita (hortelã) orgânica para a infusão e faz uma inalação próxima, até arde os olhos dos óleos voláteis liberados imediatamente. Além do veneno que está ingerindo com a planta não orgânica!

Se você nunca experimentou um chá de ervas aromáticas orgânicas nunca poderá comparar o poder da fitoterapia com nenhum outro tipo de tratamento.

Aconselho que experimente a ação de um chá de lavanda orgânica antes de dormir.

Depois me conte se não dormiu como um anjo!

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais Naturopatia

GIRASSOL

Helianthus annus – “flor do sol”

A planta é originária da região da América Central e foi levada à Europa pelos espanhóis em 1569 e hoje é cultivado em quase todo o mundo.

Evidências indicam que o girassol já existia na pré-história. Existem registros arqueológicos do cultivo dessa espécie em 3000 a.C.

É cultivado para fins da extração de seu óleo em mais de 20 milhões de hectares ao redor do mundo.

Está fortemente associada à fama, ao sucesso, longevidade, nutrição, poder e calor. Oferecer um girassol a uma pessoa que iniciou um negócio expressa o desejo de sucesso e de boa fortuna para essa pessoa.

Segundo uma crença popular, a semente do girassol, quando deixada ao sol, pode curar a infertilidade.

Na Hungria acredita-se que, se na casa onde mora mulher grávida forem colocadas sementes de girassol na janela, a criança que nascer será homem.

Na Espanha, quem tem 11 girassóis tem a sorte do seu lado.

A sua composição em especial tem em torno de 21% de ácido oléico e 62% de linoléico e essa característica garante que tenha propriedades altamente reguladoras para a pele de proteção, hidratação e restauração.🌻 🌻 Usado na alimentação e em associações com outros fitoterápicos e óleos essenciais para uso dermatológico. A tintura extraída das pétalas trata febres e resfriados, enxaquecas e nevralgias.

A sua flor acompanha todos os dias a trajetória do sol.
Os campos de girassóis fazem pararmos e olharmos para o lado lindo da vida.
E quando o tempo está nublado, as flores ficam frente a frente, umas às outras para encontrar a luz no outro.

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais

CIPRESTE

A resistência e a resiliência do Cipreste.


Já citei aqui sobre essa árvore e como estive novamente com ela no “Orto Botanico di Lucca”, na Toscana , resolvi falar um pouco mais dessa planta que tanto admiro.


Citada algumas vezes na Bíblia, o cipreste foi a madeira escolhida para a construção de templos e até da Arca de Noé, segundo várias traduções dos textos sagrados devido a sua alta resistência e força. Há também uma passagem onde Deus se compara ao cipreste e sua mão protetora.


Conhecida por ser altamente resistente, em 2012 na Espanha, a reserva florestal Barranco de Herbasana foi atingida por um incêndio onde foram destruídos cedros, carvalhos, zimbros, pinheiros, entre outras espécies. Porém , apenas 1,2% dos ciprestes foram destruídos.


Após esse evento Rocca et al.* realizaram pesquisas sobre a resistência do Cipreste e submeteram a árvore a vários experimentos. Os testes de inflamabilidade foram realizados em laboratórios na Espanha e na Itália. Observou-se também a capacidade das folhas para manter um alto teor de água durante o verão.

Os pesquisadores pensaram na possibilidade de uma barreira de ciprestes como solução aos grandes incêndios das regiões florestais do Mediterrâneo, como a mão protetora citada na Bíblia.


O cipreste é resiliente, ele resiste e se recompõe mesmo exposto a situações extremas. Muito usado para o desapego e o aprendizado após uma grande perda e um forte abalo emocional.

Não há o que um chá de cipreste não cure ao que se diz respeito a resistir às dores da vida. Se recompor. Calejar! É o famoso “levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima”, como uma conexão direta com o divino que habita em nós e realiza os milagres diários.

Além de diurético, desintoxicante, anti inflamatório, auxilia na melhora da circulação, massagem com seu óleo essencial é excelente para varizes, celulite e flacidez, é também antioxidante, antifúngico e calmante.🌲
Pode ser usado em forma de chá, óleo essencial diluído em óleo vegetal para massagem e o óleo essencial puro na inalação para tratar o emocional.

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais Naturopatia

CHÁ DE MACELA

Hoje eu tomo esse chá que me cura.
Não cura apenas as dores do corpo, mas abençoo esse chá que veio da terra e agradeço por tudo que ele pode me trazer de bom.

Eu poderia tomar esse chá falando mal de alguém, reclamando da vida, invejando o que o outro mostra ter e que parece que eu não tenho. Poderia tomar esse chá de diversas formas. Mas tomo esse chá apenas para agradecer.

Não adianta tomar banho de ervas , ir a igreja todos os domingos, meditar no Himalaia com monges ou fazer peregrinação, e tomar seu chá, seu café ou fazer a sua refeição com ódio no coração, com mágoas, e sem perceber a benção que é aquele prato de arroz ou aquela xícara de chá.

Chá de macela: Achyrocline satureioides 🍃
Relaxante muscular, levemente sedativa, digestiva, antiespasmódica, aumenta a imunidade, anti inflamatória, anti virótica, bactericida, hepatoprotetora.

Existe uma tradição em colher a macela na sexta-feira Santa em algumas regiões. Algumas histórias contam que quando Cristo subiu o calvário com a cruz, no caminho tinha bastante Marcela, e a planta passou a ser vista como sagrada, que faria bem para todos os problemas.

O seu poder energético e emocional está ligado ao perdão, ao limpar-se do ódio (observe a relação com o fígado que, segundo a Medicina Tradicional Chinesa a principal e mais nociva emoção relacionada ao fígado é o ódio, a raiva), cria esperanças, ativa iniciativas, elimina maus hábitos.

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais

SEMENTE DE UVA

Existem mais de 60 mil variedades da fruta. A cor, o sabor e o tamanho variam de acordo com cada espécie. A uva também é classificada quanto ao destino de produção, de mesa ou para vinicultura. Pode ser consumida in natura ou usada na preparação de doce, vinho, passas, geleias, tortas, gelatinas, sucos.

O cultivo da uva começou cerca de 6.000 a 8.000 anos atrás, no Oriente Médio. A levedura, um dos primeiros microrganismos conhecidos pelo homem, ocorre naturalmente na casca das uvas, levando a produção de bebidas.

Mas hoje vamos falar sobre o óleo de sua semente. Um carreador que uso muito para sinergias de pele, tanto para regeneração quanto para prevenção e estética. Seu óleo ´vegetal é extraído da prensagem a frio de suas sementes e para obtermos 1 kilo de óleo vegetal são necessários 200 kg de sementes de uvas. Geralmente é produto do excedente da produção de vinhos e sucos.

O óleo de semente de uva tem uma característica específica de possuir alto teor de alfa tocoferol do grupo da vitamina E.
Possui também alto teor de ácidos graxos poli-insaturados (como os ômegas 6 e 9).

Ele mantém a flexibilidade da pele, portanto é excelente para estrias e como preventivo em fases de gestação. É muito compatível com a pele, portanto não existem reações e tem uma boa absorção.
Pode ser aplicado em massagens, hidratação.

Ingerido em pequenas porções diárias ajuda a melhorar a saúde, equilibrar a flora e o trânsito intestinal e reduzir a inflamação no organismo, ações que naturalmente levam à perda de peso.

Contribui para o aumento de HDL (colesterol bom) e previne a diabetes. 🍇
Para a saúde dos cabelos pode ser usado como hidratante, trata casos de caspa, fortalece e diminui queda.
Aplicado na face ele ajuda na minimização de cicatrizes de acne e não obstrui os poros.

Para prevenção ou tratamento de estrias na gestação, usar o óleo vegetal puro.

Para tratamento de estrias fora da fase de gestação:

Óleo de semente de uva 100% natural
2% de óleo essencial de palmarosa ou gerânio.

Aplicar na pele após o banho nas regiões desejadas, como óleo corporal hidratante.

Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais

DENTE DE LEÃO

Eu já publiquei um texto no BLOG há um tempo atrás falando do dente de leão. Vale voltar no espaço de buscas que se encontra no rodapé e dar uma olhada nas suas propriedades medicinais e tantas de suas possibilidades!


Uma planta que muitas vezes é tirada e tratada como erva daninha.


Considerada o sopro de esperança! Sopre e faça um pedido!


Venho falar de desejos e sonhos. Porque há as pessoas que realizam tudo? Você já parou para pensar nisso?


Sempre me refiro a forma de ver a vida e isso com certeza faz toda a diferença.
Há quem acredite que pode acontecer, percorre com prazer o caminho, e realiza!


Há quem acredite e espera achando que vai cair do céu.
Há quem não acredita.
Há quem acredita, percorre o caminho e reclama o tempo todo achando um martírio aquilo! “Se eu vou mesmo chegar lá, porque tem tanto trabalho e obstáculos nesse caminho?


Enfim, tem de tudo!
Você sabia que a sua tendência ao positivismo ou ao negativismo tem uma parte de carga genética? Sim, pasme: 50%
Agora, você sabia que a epigenética já provou que podemos mudar o nosso DNA com algumas ações?
Sim, existe um estudo muito interessante feito com gêmeos idênticos onde a questão é: se eles têm os mesmos genes, foram criados juntos, usavam até as mesmas roupas, porquê um desenvolve depressão e o outro não?


Florais, meditação, generosidade, compaixão, autoconhecimento, psicologia positiva, são algumas ações que podem ser catalisadores de grandes mudanças para melhor!


Não espere soprar todo o campo de dente de leão e dizer que não tem sorte na vida ou que fulano ou fulana que atrapalha a sua sorte!
Tome as rédeas de sua vida nas mãos e decole! Não há limites para sermos felizes!


Pri Guida

Categorias
Ervas Medicinais

LAVANDA

Uma planta tão especial é impossível de resumir em um único post!

Hoje vou contar um pouquinho da sua história milenar.

A palavra latina de onde se origina é lavare: “lavar, limpar, retirar a sujeira de algo por meio de um líquido”. A LAVANDA lava a alma! 

Os primeiros registros da Lavanda na história datam da Grécia Clássica e da Roma Antiga, porém existem relatos que os celtas utilizavam para a magia, a cura, a limpeza de corpo e ambientes muito antes.

As mulheres celtas quando queriam atrair um amor verdadeiro se banhavam em lavanda, colhiam, secavam e manipulavam até obter uma pasta. Atenção, era para o amor verdadeiro, não para sedução! Pois a lavanda é calmante, anti-afrodisíaca.

A famosa Lavanda Francesa foi introduzida por gregos na região de Marselha por volta de 500 a.C.

A sua infusão surge como cura medicinal em torno do séc I d.C. segundo os primeiros registros na literatura feitos por Pedanios Dioscurides, um médico romano com descendência grega. Indicava massagem para dores nas articulações, musculares e cura de muitas outras doenças.

Do séc V ao XV a arte de curar era preservada pelos Monges. No séc IX vemos o primeiro registro de prescrição da planta na Alemanha, nesse caso para acalmar os males do ventre.

Em 1370 surge a Água Húngara, um famoso perfume destilado de alecrim com óleo essencial de lavanda.

No séc XV a lavanda é descrita como “Planta da Virgem Maria”. Dentre a coleção de remédios herbáceos Gart der Gersundheit, era apreciada pela suposta propriedade de dissipar os “desejos da Carne”.

Por volta do séc XV ao XVIII foi amplamente disseminada a arte da perfumaria e da destilação.

Nostradamus usava uma mistura de óleos para se proteger da peste enquanto tratava as vítimas de Le Charbon.

A monarquia inglesa disseminou o uso das fragrâncias e óleos ,entre os principais a Lavanda , entre os séculos XVI e XVII.

Combate a enxaqueca e proporciona um sono rejuvenescedor às madames européias no séc XVII.

Conhecido como a anti-afrodisíaco de Napoleão que fugia das artimanhas da imperatriz Josefina para seduzi-lo, ele  até bebia água de lavanda. Diz a história que ela estaria para ser abandonada por não dar-lhe um herdeiro e impregnava almíscar por todo o palácio.

A água de colônia mais popular em todo o mundo (séc XVII) onde a lavanda é um dos principais componentes foi por 170 anos a mais usada no mundo! Depois disso iniciou a fase das fragrâncias sintéticas e da química orgânica onde a perfumaria se espalhou e popularizou. 

*A magia e o poder da Lavanda – Seus Segredos e Aplicações ,  jan 1999 

Monika Junemann e Maggie Tisserand 

Pri Guida