O uso de Florais durante a Gravidez

Óleos essenciais para prosperidade!
dezembro 16, 2017
Qual o número máximo de Essências Florais  numa fórmula? Existe um limite?
dezembro 16, 2017

O uso de Florais durante a Gravidez

A Gravidez é um dos momentos mais lindos e delicados na vida de uma mulher, ou pelo menos, deveria ser assim.

É um momento de muitas mudanças, muda o corpo, mudam os cuidados, mudam os humores, mudam os medos, mudam as prioridades.

Começamos a ficar mais atentas com o que estamos ingerindo, tendo todo um cuidado para não prejudicar o bebê que está se desenvolvendo dentro da gente. Mas não é só o que ingerimos que pode fazer diferença para o bebê, o que pensamos, como sentimos, tudo isso o bebê sente dentro da barriga de sua mãe.

O bem-estar é tão importante para a mãe quanto para o bebê. Bem-estar físico e emocional.

O uso dos florais nesse período é muito bem recomendado, pois não existe o risco de prejudicar o bebê com o seu uso. Muito pelo contrário, quando a gestante se sente bem e amparada nesse período, a tendência é a criança nascer tranquila. Os florais irão ajudar a passar por esse momento com tranquilidade, sem medos, sem angustias, mais confiante.

Pode-se usar a ajuda dos florais desde antes da concepção, já preparando a mulher para receber esse ser tão desejado. Gosto muito de indicar algumas essências para desintoxicar o organismo da futura mamãe.

Existem essências que conectam a mãe e o bebê, para que esta ligação seja plena. Para que o bebê se sinta realmente desejado.

Os enjoos tão frequentes nesse período, estão relacionados aos medos da gestante, esse medo pode ser de como será sua vida depois que o bebê nascer, pode ser em relação ao seu corpo, pode ser sobre a sua capacidade de cuidar de uma criança, sobre como ficará sua carreira agora que terá um bebê, enfim, são muitas as dúvidas que podem surgir trazendo consigo medos que antes não existiam.

Para cada etapa da gravidez existem essências para auxiliar a gestante a se sentir muito bem.

Outra coisa também muito comum, é a interferência e os milhares de “conselhos” que todos têm para dar. Todo mundo “sabe” o que é melhor para a gestante naquele momento, além dela já estar naturalmente mais sensível, ainda tem de ficar ouvindo um monte de estórias que podem até deixá-la impressionada.

Por isso, é importante tomar algumas essências para se proteger psicologicamente de todas essas pessoas que insistem em “contribuir” com suas fantásticas estórias.

A gestante pode ter o acompanhamento de um terapeuta floral durante toda a gravidez, assim além de cuidar de toda a parte física, estará também cuidando da parte emocional. Afinal, esse momento deve ser pleno e tranquilo, para que o bebê possa vir a este mundo com muita tranquilidade e amor.

Após o nascimento do bebê, muitas mulheres sofrem de depressão pós-parto, com o acompanhamento de um Terapeuta Floral pode-se prevenir que essa depressão apareça.

A Terapia Floral é uma forma maravilhosa de prevenir futuras doenças, pois equilibra-se a pessoa emocional e mentalmente, evitando-se assim que a doença se instale.

por Jana M. Gomes

Terapeuta Floral ARTF 357/2014

Priscila Guida
Priscila Guida
Naturopata, odontóloga, especialista em Saúde da Família e Psicologia Positiva. Estudos na área de aromaterapia, iridologia, fitoterapia, florais, geoterapia, medicina tradicional chinesa, psicossomática, alimentação natural. Apaixonada pelos recursos naturais e suas amplas possibilidades de cura e equilíbrio. Conectada com a missão de vida e realizando ampla pesquisa e estudo sobre a felicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *