Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Helianthus annus – “flor do sol”

A planta é originária da região da América Central e foi levada à Europa pelos espanhóis em 1569 e hoje é cultivado em quase todo o mundo.

Evidências indicam que o girassol já existia na pré-história. Existem registros arqueológicos do cultivo dessa espécie em 3000 a.C.

É cultivado para fins da extração de seu óleo em mais de 20 milhões de hectares ao redor do mundo.

Está fortemente associada à fama, ao sucesso, longevidade, nutrição, poder e calor. Oferecer um girassol a uma pessoa que iniciou um negócio expressa o desejo de sucesso e de boa fortuna para essa pessoa.

Segundo uma crença popular, a semente do girassol, quando deixada ao sol, pode curar a infertilidade.

Na Hungria acredita-se que, se na casa onde mora mulher grávida forem colocadas sementes de girassol na janela, a criança que nascer será homem.

Na Espanha, quem tem 11 girassóis tem a sorte do seu lado.

A sua composição em especial tem em torno de 21% de ácido oléico e 62% de linoléico e essa característica garante que tenha propriedades altamente reguladoras para a pele de proteção, hidratação e restauração.🌻 🌻 Usado na alimentação e em associações com outros fitoterápicos e óleos essenciais para uso dermatológico. A tintura extraída das pétalas trata febres e resfriados, enxaquecas e nevralgias.

A sua flor acompanha todos os dias a trajetória do sol.
Os campos de girassóis fazem pararmos e olharmos para o lado lindo da vida.
E quando o tempo está nublado, as flores ficam frente a frente, umas às outras para encontrar a luz no outro.

Pri Guida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *