Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ervas orgânicas – Já citei em alguns outros textos sobre a importância de priorizar o uso de ervas orgânicas.

A planta possui uma defesa própria, que produz para conviver com predadores do ambiente em que vive.

Essa defesa da planta, explicando de forma bem básica, são os fitoquímicos que ela possui e que podemos nos beneficiar. Como o linalol na lavanda por exemplo.

O que acontece com as ervas que recebem defensores químicos, ou seja, agrotóxicos?
Ela produz muito menos fitoquímicos pois ela não precisa se defender do meio em que vive pois já recebeu os respectivos venenos.

Portanto, a planta não tem um resultado tão efetivo quanto a erva cultivada de forma orgânica.

Os chás que vendem nos mercados, aqueles de saquinhos que são um charme, são apenas águas cheirosas e muitas vezes recebem aromatizantes artificiais.

Enquanto, se você ferve uma água, desliga o fogo e adiciona menta piperita (hortelã) orgânica para a infusão e faz uma inalação próxima, até arde os olhos dos óleos voláteis liberados imediatamente. Além do veneno que está ingerindo com a planta não orgânica!

Se você nunca experimentou um chá de ervas aromáticas orgânicas nunca poderá comparar o poder da fitoterapia com nenhum outro tipo de tratamento.

Aconselho que experimente a ação de um chá de lavanda orgânica antes de dormir.

Depois me conte se não dormiu como um anjo!

Pri Guida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *