MIRRA, UM DOS SEGREDOS DO EGITO!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O que tem a ver a pele bem tratada e conservada com todas essas citações? Pois é, só uma dica: já sabem disso há milhares de anos! Está na hora de você saber.

“Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:
Tu pois toma para ti das principais especiarias, da mais pura mirra quinhentos ciclos e de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinquenta ciclos, e de cálamo aromático duzentos e cinquenta ciclos,
E de cássia quinhentos ciclos, segundo o ciclo do santuário, e de azeite de oliveiras um him.
E disto farás o azeite da Santa Unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista; este será o azeite da Santa Unção.”
(Êxodo 30,22-25)

Em toda a história da civilização humana, as plantas medicinais e aromáticas foram utilizadas para purificar e perfumar ambientes, para afastar maus espíritos, tratar de problemas da pele, tratar de problemas físicos como no uso das infusões, nos processos de mumificação no antigo Egito, nos banhos romanos, na sedução.

Um óleo essencial que não pode faltar para quem deseja beleza, resistência, proteção e conexão com a espiritualidade, é a Mirra.

Um dos presentes que Jesus recebeu do Reis Magos, é uma resina importante para a história. Um dos principais óleos usados para embalsamar as múmias no antigo Egito é uma preciosidade para ser colocada nos cremes anti rugas. Sim é altamente conservante!

O aroma é terroso, almiscarado, balsâmico, amadeirado.

Pela própria característica que resiste ao tempo, resiste também no campo emocional, fortalecendo e transmitindo segurança. Assim como a maioria dos aromas terrosos, amadeirados e resinosos, trazem para a realidade do dia a dia sem perder a conexão com o divino. É extraído da seiva, é interno, é forte e regenera as feridas da vida.Desenvolve a religiosidade. Protege do imponderável e atrai as bênçãos divinas.

Anti-séptico e antiinflamatório. Fungicida e emenagogo.  Harmoniza a função da glândula tireóide.

Por Pri Guida

 

Che cosa c’entra la pelle con il trattamento e la conservazione di tutte queste citazioni? Bene, solo un consiglio: lo sanno da migliaia di anni! È tempo che tu lo sappia.

“E l’Eterno parlò a Mosè, dicendo:

Tu prendere con te principali spezie, di pura mirra cinquecento cicli e di dolce metà cannella così tanto, duecentocinquanta cicli, e di dolce calamo duecentocinquanta cicli,

E cassia cinquecento cicli, secondo il ciclo del santuario, e di olio d’oliva un inno.

Farai l’Unzione di olio del profumo composto dopo il profumiere; questo sarà l’olio dell’unzione del Sacro Unno. “

(Esodo 30: 22-25)

In tutta la storia della civiltà umana, piante medicinali e aromatiche sono stati usati per purificare e profumare ambienti, per allontanare gli spiriti maligni, trattare i problemi della pelle, alle prese con problemi fisici, come l’uso di infusi, il processo di mummificazione nell’antico Egitto, nei bagni romani, nella seduzione.

Un olio essenziale che non può mancare per coloro che desiderano bellezza, resistenza, protezione e connessione con la spiritualità, è Mirra.

Uno dei doni che Gesù ha ricevuto dai Magi è una resina importante per la storia. Uno dei principali oli utilizzati per l’imbalsamazione mummie in Egitto è un tesoro ad essere messi in creme antirughe. Sì, è altamente conservativo!

L’aroma è terroso, muschiato, balsamico, legnoso.

Per la stessa caratteristica che resiste al tempo, resiste anche nel campo emotivo, rafforzando e trasmettendo sicurezza. Come la maggior parte della terra, Woody e aromi resinose, portare la realtà della vita quotidiana, senza perdere la connessione con il divino. È estratto dalla linfa, è interna, è forte e rigenerare le ferite del vida.Desenvolve religiosità. Proteggi dall’imponderabile e attira le benedizioni divine.

Antisettico e antinfiammatorio. Fungicida ed emmenagogo. Armonizza la funzione della ghiandola tiroidea.

 

Di Pri Guida

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *