Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Therapeia (Tratamento) e Phyton (Vegetal)

 

O uso das plantas para a cura de diversos males é provavelmente tão antigo quanto a própria humanidade.

Muitos conhecimentos ainda estão limitados a passar de geração a geração já que temos uma infinidade de plantas e ervas medicinais disponíveis na natureza. Variando inclusive as propriedades das mesmas espécies porém cultivadas em diferentes regiões, solos, temperaturas, altitudes e por aí vai.

Você já deve ter escutado: “a minha avó , ou mãe, ou vizinha, tinha chá pra tudo”! Antes o feeling das curandeiras, hoje comprovações científicas.

Desde dor de amor, dor de cotovelo, passando por fungos, inflamações e até câncer, alguém sempre tem uma receita a base de ervas para determinadas situações.

Fato é que todas as plantas (assim como outros elementos da natureza) estão à nossa disposição para que façamos bom uso. Estudar nunca é demais, mas principalmente quando se trata de plantas.

Podem ser usadas na forma de decoração e termos um excelente resultado energético no ambiente.

Podem ser manipuladas em forma de cápsulas com doses específicas e tratar dores, doenças, depressões e até para proporcionar mais saúde, vitalidade e longevidade (sou mais dessa linha, fomentar a saúde ao invés de tratar as doenças sejam elas físicas, mentais, emocionais ou tudo junto).

Podem ser usadas em forma de óleos essenciais, que são a pérola da fitoterapia na minha opinião. São a alma das plantas e precisam ser bem estudados para que aproveite ao máximo e com sabedoria essa riqueza! Aos poucos vou “destilar” um a um aqui para vocês.

Podem ser usadas em forma de chá e da mesma forma usado com cuidado pois todos os componentes químicos das plantas atuam no nosso organismo de forma ativa e é bem interessante conhecê-los, principalmente quem faz uso de algum medicamento sintético.

Podem ser usadas em forma de banhos, cremes, emplastro, tinturas, extratos, florais, hidrolatos, incenso, fórmulas homeopáticas (esclarecendo que homeopatia é uma forma de aplicação, o oposto de alopatia – explico melhor em outro post) , na alimentação e muitas formas mais.

Fato é que temos uma rica fonte de vida, de saúde, de energia (ectoplasma puro), de amor e que entrando em contato com cada uma, conhecendo como é cultivada, entendendo a relação dela com o meio de origem, compreendemos que existe ali uma obra divina criada para curar o planeta, as pessoas, os seres.

Elas nos dizem o que precisam e para que estão a servir. Basta silenciar e perceber.

Bom proveito!

 

Bjs Pri Guida

 

Therapeia (trattamento) e Phyton (pianta)

 

L’uso di piante per la cura di vari mali è probabilmente antico quanto l’umanità stessa.

Molte competenze sono ancora limitati a passare di generazione in generazione dal momento che abbiamo una pletora di piante medicinali ed erbe disponibili in natura. Compresi variando le proprietà della stessa specie ma coltivate in diverse regioni, terreni, temperatura, quota e così via.

Devi aver già sentito: “mia nonna, o madre, o vicina, ha preso il tè per tutto”! Prima del sentimento dei guaritori, oggi prove scientifiche.

Dal dolore dell’amore, dell’invidia, passando attraverso i funghi, l’infiammazione e persino il cancro, qualcuno ha sempre un rimedio a base di erbe per determinate situazioni.

Il fatto è che tutte le piante (così come altri elementi della natura) sono a disposizione per noi di fare buon uso. Studiare non è mai troppo, ma soprattutto quando si tratta del regno vegetale.

Possono essere utilizzati sotto forma di decorazione e hanno un eccellente risultato energetico nell’ambiente.

Può essere manipolata in forma di capsule con dosi specifiche e il dolore trattamento, la malattia, la depressione e persino di fornire più la salute, la vitalità e longevità (ho più di quella linea, promuovendo la salute piuttosto che trattare la malattia sia fisica, mentale, emozionale o tutti insieme).

Possono essere utilizzati sotto forma di oli essenziali, che sono la perla della fitoterapia a mio avviso. Sono l’anima delle piante e devono essere ben studiate per poter sfruttare al meglio questa ricchezza! Gradualmente “distillerò” uno per uno qui per te.

Può essere utilizzato in forma di tè e allo stesso modo usato con attenzione perché tutti i componenti chimici di impianti operanti nel nostro corpo attivamente ed è molto interessante sapere loro, soprattutto quelli che fanno uso di alcuni farmaci di sintesi.

Essi possono essere utilizzati in forma di bagni, creme, gesso, tinture, estratti, floreale, hydrosols, incenso, formule omeopatiche (l’omeopatia è l’opposto dell’allopatia – spiegano meglio in un altro post), prodotti alimentari e molti altri modi.

Il fatto è che abbiamo una ricca fonte di vita, la salute, l’energia (ectoplasma puro), l’amore e contattando ciascuno, sapendo come è cresciuto, la comprensione del suo rapporto con l’ambiente originale, si capisce che esiste un’opera divina creata per guarire il pianeta, le persone, gli esseri.

Ci dicono di cosa hanno bisogno e cosa servono. Silenzio e realizza.

Buon guadagno!

Baci Pri Guida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *