Como anda seu nível de felicidade?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Recentemente foi incluído nas diretrizes da ONU um indicador sistêmico onde classifica a riqueza de um país a partir da avaliação da FELICIDADE de seus habitantes.

Criado no Butão em 1972 hoje é aplicado em diversos países, segmentos e até empresas onde classifica o nível de satisfação de prestadores de serviço e de clientes, óbvio que questionários e metodologias diferentes a cada realidade.

As categorias escolhidas para avaliar a felicidade no FIB (índice de Felicidade Interna Bruta) criado pelo rei butanês Jigme Singya Wangchuck se desmembraram em um leque de perguntas que tornam a pesquisa cada vez mais fiel a realidade do país. São elas:

  1. Bem-estar psicológico: Mede o otimismo que cada cidadão tem em relação a sua vida. É feita uma análise da autoestima, nível de stress e espiritualidade.
  2. Saúde: Analisa as medidas de saúde implantadas pelo governo, exercícios físicos, nutrição e autoavaliação da saúde.
  3. Uso do tempo: Inclui questões como o tempo que o cidadão perde no trânsito, divisão das horas entre o trabalho, atividades de lazer e educacionais.
  4. Vitalidade comunitária: Entra na questão do relacionamento e das interações entre as comunidades. Analisa a segurança dentro da comunidade, assim como sensação de pertencimento e ações de voluntariado.
  5. Educação: Sonda itens como participação na educação informal e formal, valores educacionais, educação no que se refere ao meio ambiente e competências.
  6. Cultura: Faz uma análise de tradições culturais locais, festejos tradicionais, ações culturais, desenvolvimento de capacidades artísticas e discriminação de raça, cor, ou gênero.
  7. Meio ambiente: Relação entre os cidadãos e os meios naturais como solo, ar e água. Estuda a acessibilidade para áreas verdes, sistemas para coletar o lixo e biodiversidades da comunidade.
  8. Governança: Estuda a maneira da relação entre a população e a mídia, poder judiciário, sistemas de eleições e segurança.
  9. Padrão de vida: Análise da renda familiar e individual, seguridade nas finanças, dívidas e qualidade habitacional.

E você, como anda seu nível de felicidade?

Pri Guida

Recentemente, un indicatore sistemico è stato incluso nelle linee guida delle Nazioni Unite che classificano la ricchezza di un paese basata sulla valutazione della felicità dei suoi abitanti.

Creata in Bhutan nel 1972, oggi è applicata in diversi paesi, segmenti e persino aziende in cui classifica il livello di soddisfazione dei fornitori di servizi e dei clienti, ovvio che questionari e metodologie differenti per ogni realtà.

Le categorie scelte per valutare la felicità nell’indice FIB (Gross Domestic Happiness) creato dal re bhutanese Jigme Singya Wangchuck si sono suddivise in una serie di domande che rendono la ricerca sempre più fedele alla realtà del paese. Sono:

  1. Benessere psicologico: misura l’ottimismo che ogni cittadino ha in relazione alla propria vita. Viene eseguita un’analisi dell’autostima, del livello di stress e della spiritualità.
  2. Salute: Analisi misure sanitarie attuate dal governo, l’esercizio fisico, alimentazione e salute auto-valutazione.
  3. L’uso del tempo: Comprende domande come quanto tempo il cittadino perde nel traffico, divisione del tempo tra lavoro, tempo libero e attività educative.
  4. Vitalità comunitaria: entra nella questione delle relazioni e delle interazioni tra le comunità. Analizza la sicurezza all’interno della comunità, oltre al senso di appartenenza e alle azioni di volontariato.
  5. Istruzione: sonda elementi quali la partecipazione all’istruzione formale e informale, valori educativi, l’educazione in relazione con l’ambiente e le competenze.
  6. Cultura: Fornisce un’analisi delle tradizioni locali culturali, feste tradizionali, le attività culturali, lo sviluppo delle capacità artistiche e la discriminazione di razza, colore o sesso.
  7. Ambiente: relazione tra cittadini e ambienti naturali come suolo, aria e acqua. Studia l’accessibilità alle aree verdi, ai sistemi di raccolta dei rifiuti e alla biodiversità delle comunità.
  8. Governance: Studiare il modo in cui il rapporto tra i sistemi di sicurezza della popolazione e dei media, la magistratura, le elezioni e sicurezza.
  9. Tenore di vita: Analisi dei redditi delle famiglie e la sicurezza individuale in finanza, debito e qualità abitativa.

E tu, come va il tuo livello di felicità?

Pri Guida

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *