Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A felicidade geral com a chegada da Primavera, traduz a necessidade das pessoas de verem enfim, a “flor”.

A necessidade de perceber nas flores que a vida se renova, de que tudo passa e enfim veremos a luz. A flor materializa essa luz.

Um sinal claro de que não estamos em equilíbrio, que o mundo precisa de equilíbrio. Sim, pois o equilíbrio é estar em harmonia com todas as estações. O inverno pode ser sombra e pode ser aconchego, conforto. O verão pode ser luz, vida, saúde e o calor agradável, e pode ser cansaço, o calor infernal, problemas de saúde e por aí vai. O outono pode ser visto como a estação da maturidade, dos frutos, da renovação e pode ser a fase de “perdas” das folhas, do sacrifício em prol de outrem.
A primavera para muitas pessoas causa reações alérgicas, apesar de toda a natureza estar em festa. Teria essa pessoa dificuldade em florescer e sair do seu inverno?

Quando entramos em harmonia com a nossa essência, com a nossa natureza, conseguimos perceber as estações, os ciclos e entram com comunhão perfeita.
Reconhecemos os ciclos dos dias, das semanas, dos meses, dos anos, das estações. Nos entregamos a eles como o rio que segue seu fluxo e curte cada curva do caminho.

Bjs e feliz Primavera a todos!
Pri Guida

“Querer que uma mulher ame toda a vida, é tão absurdo como querer que a Primavera dure todo o ano.”
Júlio Dantas

“E assim como a primavera, eu me deixei cortar para vir mais forte…”
Clarice Lispector

2 respostas em “Primavera”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *