De uma terra distante, o desejo de retornar traduz o próprio retorno.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

De uma terra distante, o desejo de retornar traduz o próprio retorno.

À essência, aos conhecimentos acumulados na alma por todo o caminho.

O caminho que quando tocamos novamente com os pés, sentimos o mesmo frio na barriga de uma grande paixão.

Mas diferente das paixões traz a particularidade de ser permanente e a paz, o equilíbrio e a clareza de estar cumprindo o que está comprometido dentro de si, desde sempre.

Da una terra lontana, il desiderio di tornare traduce il proprio ritorno.

Per l’essenza, per la conoscenza accumulata nell’anima fino in fondo. Il modo in cui quando ci tocchiamo di nuovo con i piedi, sentiamo lo stesso freddo nel ventre di una grande passione.

Ma diverso dalle passioni porta la particolarità di essere permanente e la pace, l’equilibrio e la chiarezza di essere adempiendo a ciò che è impegnato in se stesso, sempre.

Pri Guida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *